Relato de intercâmbio

Semestre de intercâmbio de Ensino Médio na Holanda.

Por: Monique Noordegraaf.
⠀⠀
Relato de Monique sobre o preparo, a adaptação e as amizades que essa experiência cultural lhe proporcionou.

Desde pequena eu sempre quis fazer intercâmbio, gosto muito de aprender novas culturas e viver experiências novas. Eu resolvi ir para Holanda porque já falava a língua, tinha passaporte holandês e porque eu tenho avós e tio morando lá. Foram eles que me ajudaram a procurar as informações.

O meu tempo de preparo foi longo, até tive aulas particulares de holandês. Eu não fui com uma agência, mas só precisei atualizar todas as minhas vacinas antes de ir. ⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Fiz o intercâmbio quando tinha 16 anos, morei por seis meses na Holanda e estudei por aproximadamente cinco meses na escola. Eu morava na cidade de Groningen durante a semana com uma família que acolhia outros adolescentes também. Nos finais de semana eu ficava com meus avós em uma cidadezinha chamada Stitswerd. A experiência foi incrível, os meus ‘pais’ na casa eram super simpáticos, os que moravam comigo também eram bem tranquilos e legais, até hoje mantemos contato.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu estudei no HAVO em um colégio chamado Zernike College, ensino totalmente em holandês. Melhorei muito a língua, tanto na pronúncia quanto na escrita. Foi bem difícil me adaptar no começo, principalmente no colégio, apesar de eu saber falar a língua e a cultura ser parecida, havia várias coisas novas que tive que aprender, mas no final deu tudo certo. A alimentação não foi problema, gosto da comida da Holanda, principalmente kibbeling (peixe frito e empanado) e kroket (salgado empanado recheado com carne seca). A adaptação com a família foi bem tranquila, não tive problemas, eu gosto de conhecer pessoas novas e fazer amizades.

E recomendo todo mundo a fazer um intercâmbio uma vez na vida e se você escolher a Holanda, vai gostar bastante e aprender muitas coisas. É bom saber um pouco da língua porque ela até que é bem complicada. Mas em geral ser você mesmo e aproveitar ao máximo. Gostei muito da minha experiência, fiz bastante amigos que vou levar para a vida inteira.