Cursos no Reino Unido

Sabemos que a língua mais usada internacionalmente no mundo da ciência, tecnologia, comércio, negócios, política e artes é o inglês! Abaixo algumas opções para estudar no exterior:

➡️ Santander-British Council Summer Experience – programa que quer justamente criar oportunidades educacionais, profissionais e culturais para jovens por meio do estudo da língua inglesa.
São dezenas de bolsas para cursos de inglês presenciais de três semanas em três diferentes universidades no Reino Unido para acadêmicos ou graduados há menos de dois anos. E para quem não pode sair do Brasil: Learn English Select – bolsas para cursos online de inglês para negócios (3 meses). Inscreva-se até 30 de março, candidatos serão selecionados com base no histórico acadêmico, motivações e diversidade geográfica.
Tire suas dúvidas em: https://www.becas-santander.com/pt/program/summer-britishcouncil

Importante: Para poder aplicar a um curso de graduação ou pós no exterior, é necessário ter um bom nível de inglês (ou outra língua do curso). Ainda, para poder se candidatar a uma bolsa de estudos, geralmente é preciso estar em processo de aceitação ou já ter conseguido uma vaga no curso de sua escolha. Isso implica ter enviado a documentação para tal e tudo mais.
Então, comece a estudar o que realmente quer fazer, veja que países e instituições oferecem aquilo que você almeja, pesquisando as possibilidades na internet e depois de encontrar o que quer, aplique à vaga em uma (ou mais) universidade(s). Veja o resumo desta bolsa abaixo, para obter informações precisas, entre no site.⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

➡️ Westminster Undergraduate Scholarship – Londres – bolsa integral de graduação para alunos de países em desenvolvimento com bom desempenho acadêmico, necessidade financeira e potencial de desenvolvimento – inscrições até 29 de maio.
Site: https://www.westminster.ac.uk/study/fees-and-funding/scholarships/westminster-undergraduate-full-scholarship ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Vamos conferir as informações, pois a ACBH não se responsabiliza por equívocos ou alterações feitas pelas instituições.