Vivendo de Sonhos

Vivendo de sonhos

Brian Baldrati/Divulgação

 

Viajar sempre foi uma paixão de Brian Baldrati, 27 anos. Ele gostava tanto disso que, em 2012, resolveu fazer um mochilão pelo sudeste asiático. Na mala, levou só algumas roupas e uma câmera fotográfica. “Não tinha planejamento nenhum, comecei a tirar fotos. Eu tinha uma conta pequena no Instagram e as pessoas começaram a elogiar minhas fotos. A fotografia então passou a ser uma motivação para as viagens”, relembra. Na época, Brian estudava psicologia e nem passava pela cabeça dele fazer daquilo uma profissão. “Eu fui me apaixonando cada vez mais e, quando me formei, decidi que não atuaria na área e que me dedicaria à fotografia”, conta. Apesar da decisão, ele demorou a perceber que seria possível ganhar dinheiro com aquilo. Só quando começaram as primeiras propostas de viagens patrocinadas é que ele notou que essa possibilidade era real.

 

“No começo foi bem difícil. Para me sustentar, usava não só o que ganhava com as imagens, como também alugava meu apartamento enquanto estava fora e cheguei a ser motorista da Uber”, lembra ele. Hoje o sustento vem só da fotografia, por meio de patrocínio de empresas, como hotéis e negócios do setor automotivo. A conta dele no Instagram (@isthisreal) tem mais de 90 mil seguidores e ele viajou por mais de 50 países, sendo que alguns dos roteiros, como África do Sul, Marrocos e Índia, foram patrocinados. E Brian não se arrepende das escolhas que fez. “Passo pouco tempo em casa. Se eu fiquei três semanas em no meu apartamento nos últimos três meses, foi muito. Também não tenho salário fixo. Mas a liberdade que a fotografia me dá é muito boa. Não tenho rotina”, diz. Para chegar a esse ponto, ele ressalta a importância de buscar conhecimento. “Tudo aconteceu muito rápido, mas dependeu de muita dedicação. Estudei e estudo bastante, fiz curso, procuro referências. Sonho alto e faço de tudo para que minhas metas se realizem”, conclui.